Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Veronica desabafa contra Berlusconi

A biografia autorizada de Veronica Berlusconi, mulher do primeiro-ministro italiano, vai ter edição actualizada com o relato da ruptura, incidindo em especial no período de 27 de Abril a 4 de Maio deste ano, ou seja, desde que se tornou pública a presença de Berlusconi o no aniversário da protegida Noemi Letizia até à mulher anunciar o divórcio.
23 de Agosto de 2009 às 00:30
Veronica desesperou com as infidelidades de Berlusconi
Veronica desesperou com as infidelidades de Berlusconi FOTO: Alessandro Bianchi/Reuters

A notícia da reedição acrescentada de ‘Tendenza Veronica’ foi dada pela própria autora, Maria Latella, jornalista do ‘Corriere della Sera", ontem no jornal onde trabalha. Ela conta que encontrou Veronica nesses dias muito difíceis para a família Berlusconi, inclusive porque uma das filhas, Barbara, grávida de oito meses, teve de ser hospitalizada de urgência.

Maria Latella e Veronica reuniram-se algum tempo depois para dar sequência ao livro. A mulher de Berlusconi confidenciou, então, que "pensava no divórcio há dez anos", mas tudo suportara "em defesa da família e para desiludir todos os que desejava a nossa separação".

As questões políticas pesam, aliás, muito no processo de divórcio que parece encalhado. Segundo Maria Latella, as hipóteses são: numa perspectiva realista, o casal separa-se por consenso e segue a vida em países diferentes, pois Veronica deseja sair de Itália; a entourage do primeiro-ministro exige faseamento, com uma reconciliação do casal antes de concretizar o divórcio. A mulher recusa e não admite sequer encontrar o marido de quase 30 anos, embora passem férias em locais próximos.

CONTRA VATICANO E CRÍQUETE

A Direita maioritária italiana de Berlusconi, Fini e Bossi apontou ontem a artilharia contra o Vaticano e a selecção de críquete.

A polémica com o episcopado católico e o Vaticano foi lançada por Umberto Bossi a propósito de mais uma tragédia com imigrantes africanos no Mediterrâneo. A Igreja Católica considera que a morte de uns 70 oriundos da Eritreia se deve ao facto de o estado italiano tratar os estrangeiros pior do que animais, mas o líder da Liga Norte diz que os clandestinos "não podem passar impunes".

Contra esta xenofobia levantou-se a selecção italiana de críquete, formada por filhos de imigrantes asiáticos que "dedicou a Bossi" a medalha de ouro conquistada ontem no Campeonato da Europa.

SAIBA MAIS

‘TENDEZA VERONICA’

A primeira edição da biografia autorizada de Veronica Berlusconi saiu em 2004, quando o líder da Forza Itália exercia funções de primeiro-ministro. No livro, ela afirmava que eram muito diferentes e que Silvio almoçava e jantava agarrado ao telemóvel. Não referia, porém, que pensava em divorciar-se.

53

anos é a idade de Veronica Lario, de seu nome artístico, já que na realidade se chama Miriam Raffaella Bartolini, nascida em Bolonha, em 1956.

1980

foi o ano em que conheceu Berlusconi . Ele, 20 anos mais velho, foi ao camarim felicitá-la pelo seu papel em ‘Il Magnifico Cornuto’.

TENDÊNCIA ESQUERDA

Apesar da aparência de um casamento feliz, Veronica foi sempre próxima da esquerda.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)