Sub-categorias

Notícia

Vestígios de ADN de Maëlys encontrados no sofá dos pais do homicida

Novas provas recolhidas pela polícia vão permitir desvendar as circunstâncias da morte da menina lusodescendente.
Por Pedro Zagacho Gonçalves|14.03.18

A poucos dias da próxima audiência em tribunal de Nordahl Lelandais, o homem que confessou ter matado  a lusodescendente de Maëlys de Araújo, os magistrados de Grenoble a cargo do caso tem novas provas no caso da menina, que foi levada de uma festa de casamento em Pont-de-Beauvoisin e depois morta pelo ex-militar francês. As autoridades terão descoberto vestígios de ADN de Maëlys de Araújo no sofá de casa dos pais de Lelandais.

O sofá onde foram encontrados os vestígios de ADN na menina foi alvo de perícias e recolhido pelas autoridades para ainda ser alvo de análises forenses.

Para já não foi possível apurar se o vestígio foi deixado pelo corpo da menor ou pelo contacto com terceiros. As imagens de videovigilância que 'tramaram' Lelandais mostram o homem a ir em direção a casa dos pais, onde o ex-militar mora também, e a voltar depois.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!