Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Vinte candidatos assassinados

Quando ainda falta uma semana para as eleições autárquicas do próximo dia 5 de Outubro, a campanha eleitoral já é uma das mais sangrentas da história democrática do Brasil. Segundo a imprensa, pelo menos vinte candidatos a presidente de Câmara e a vereador foram assassinados nos últimos dois meses.
27 de Setembro de 2008 às 00:30
Vigilância policial não tem conseguido travar a violência na campanha
Vigilância policial não tem conseguido travar a violência na campanha FOTO: Lusa

No último caso conhecido, ocorrido na quinta-feira na cidade de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, área metropolitana do Rio de Janeiro, a vítima foi o candidato a vereador António Carlos Souza Silva, cercado por desconhecidos em plena via pública e executado com mais de vinte tiros.

Até agora, de acordo com o levantamento feito através das notícias da imprensa, o estado onde ocorreram mais assassínios de candidatos é o de Pernambuco, no Nordeste do Brasil, onde pelo menos cinco já foram mortos. No estado do Rio, com a morte do candidato a vereador por Nova Iguaçu, já foram registadas três mortes e depois aparecem com duas mortes cada um estados como São Paulo, Paraíba, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás e ainda casos no Rio Grande do Sul e no Maranhão. Além dos atentados mortais, vários outros deixaram inúmeros candidatos e eleitores feridos. Só ontem aconteceram mais dois casos: o de um candidato do estado do Espírito Santo baleado enquanto discursava num comício e o de um eleitor atingido durante um outro tiroteio, desta feita num comício em Cotia, S. Paulo.

O tribunal Superior Eleitoral não tem dados sobre crimes contra candidatos, possuindo apenas números sobre os que já morreram desde o início da campanha, num total de 89. Mas esta lista inclui os que morreram, por exemplo, de morte natural, não os diferenciando dos que foram vítimas de atentado político.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)