Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Viola e estrangula enteada de 10 anos

A Polícia Militar de Peabiru, no interior do estado brasileiro do Paraná, sul do país, prendeu um segurança acusado de ter violado, estrangulado e atirado para um campo de trigo a sua enteada, de dez anos. Alex Sandro da Silva, de 30 anos, o acusado, chegou a participar activamente nas buscas depois do desaparecimento da menina que matara, fingindo preocupação.

16 de Agosto de 2009 às 00:30

De acordo com uma porta-voz da polícia, a menina Stephaine Bianca Ferreira foi violada e morta na própria casa, onde estava sozinha com o irmão de cinco anos. Alex confessou o crime e disse ter violado a enteada depois de, ao chegar a casa depois do trabalho, ter bebido uma garrafa de uísque e duas cervejas.

Stephaine gritou por socorro, de acordo com o irmão, e terão sido esses gritos que levaram o violador a estrangulá-la. Depois, antes que a mãe de Stephaine, com quem vivia há três anos, chegasse a casa, escondeu o corpo na bagageira do carro e abandonou-o num campo junto a Campo Mourão.

Quando a ausência da menina preocupou a família, o criminoso fingiu-se solidário e ajudou nas buscas. O corpo só foi encontrado dois dias depois por um agricultor que viu o carro no trigueiral.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)