Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Violou e matou dezenas de idosas

A polícia de Los Angeles revelou esta semana ter detido um septuagenário suspeito de violar e de matar mais de trinta idosas em duas ondas homicidas registadas naquela cidade nas décadas de 1970 e 1980.
2 de Maio de 2009 às 00:30
Floyd Thomas, o homicida
Floyd Thomas, o homicida FOTO: direitos reservados

O responsável por estes crimes nunca resolvidos foi designado de ‘westside rapist’, e a polícia acredita agora que o criminoso-mistério pode ser o suspeito detido esta semana e identificado como John Floyd Thomas Jr., de 72 anos.

As provas incriminadoras foram encontradas por acaso, quando as autoridades recolhiam amostras de ADN para um banco de dados dos condenados por crimes sexuais. Thomas foi várias vezes detido entre 1955 e o início dos anos 70 por assalto e violação, pelo que foi contactado. A amostra acabou por revelar-se igual à recolhida no local onde, em 1972, foi espancada, violada e estrangulada Ethel Sokoloff, de 68 anos. Os mesmos indícios ligaram o suspeito à morte de Elizabeth McKeown, de 67 anos, igualmente espancada violada e assassinada, em 1976. A Justiça formalizou acusação por estes crimes, e os investigadores procuram indícios para explicar cerca de mais trinta casos.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)