Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Virologista chinesa que fugiu para os EUA diz ter provas de que o coronavírus foi feito em laboratório

Meng-Yan garante ainda que irá publicar as suas conclusões para que o mundo saiba a origem do novo coronavírus. 
Correio da Manhã 11 de Setembro de 2020 às 19:28
Li Meng-Yan
Li Meng-Yan FOTO: Facebook

Li Meng-Yan, uma virologista chinesa que fugiu para os Estados Unidos após alegar que a China encobriu o surto de coronavírus, afirma ter provas de que o vírus foi desenvolvido em laboratório. 

A virologista tinha já afirmado que Pequim tentou calar quem tentasse dar o alarme quando o vírus surgiu em Wuhan e explica que fugiu em abril para os EUA por saber como "[a China] trata os denunciantes". 

Li Meng-Yan, ex-especialista da Escola de Saúde Pública de Hong Kong, alega que o seu supervisor primeiro pediu que investigasse um novo vírus "parecido com a SARS" em Wuhan a 31 de dezembro, mas posteriormente, os seus resultados foram abafados. 

Após ter reportado que 
os casos estavam a aumentando exponencialmente, a virologista foi mandada "ficar em silêncio e ter cuidado"."Teremos problemas e desapareceremos'", disse o supervisor a Li. 

A ex-especialista acredita que o vírus não veio de um mercado em Wuhan, como é amplamente afirmado, mas sim de um instituto de virologia de Wuhan.

Antes de fugir, e já com algumas conclusões de que o coronavírus era proveniente de um laboratório, a virologista afirma que 
apagaram todas as informações que tinha recolhido e pediram às pessoas para espalharem boatos sobre si.

"[Disseram] que eu sou uma mentirosa, que não sei de nada, que acabei de matar um hamster no laboratório", afirma Li sobre as mentiras que viu espalhadas sobre si. 

Meng-Yan garante ainda que irá publicar as suas conclusões para que o mundo saiba a origem do novo coronavírus. 

Estados Unidos EUA Meng-Yan Wuhan Li China crime lei e justiça questões sociais saúde política polícia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)