Vítima de violência doméstica faz denuncia através do Facebook

O vídeo obteve 238 mil partilhas e foi visualizado mais de 5 milhões de vezes.
Por Carolina Canha e Natacha Nunes Costa|31.05.17

Danila Areal, de 28 anos, vítima de violência doméstica do ex-marido, tomou uma medida drástica face às agressões, na passada segunda-feira, dia 29 de maio.

O caso ocorreu no sábado, em Volta Redonda, no Rio de Janeiro, Brasil, onde, após várias agressões, a vítima recorreu ao Facebook como forma de pedir ajuda. Foi através da partilha de um vídeo ao vivo que Danila denunciou a situação. A transmissão do relato com quase 12 minutos obteve 238 mil partilhas e foi visualizado mais de cinco milhões de vezes.

No vídeo, a vítima diz-se "sem defesas" contra o agressor, de 39 anos, e implora para que as pessoas o partilhem, de modo a chegar às autoridades para que as devidas medidas sejam tomadas.

Danila encontra-se a receber assistência por parte da Secretaria Municipal de Políticas Públicas de Volta Redonda, com apoio psicológico e representada por uma advogada do Centro Especializado de Atendimento à Mulher – Casa da Mulher Bertha Lutz.

Na sua página de Facebook, a vítima partilhou a seguinte mensagem: "Estou a passar por um momento muito difícil. É com tristeza que venho no Facebook me expor. Separei-me há um mês. Fui numa esquadra e denunciei-o. Sofri isto durante oito anos da minha vida. Apanhei na minha gravidez inteira. Já fiz corpo de delito, já está na Justiça. Mas ao que tudo indica ele não vai ser preso".

A jovem, que continua a relatar os momentos de terror que viveu no sábado, acusa a Polícia Militar de negligência.

Hospedada em casa de uma amiga, continua a pedir a partilha do vídeo nas redes sociais e confessa estar com medo de sair de casa: "Estou com medo de sair para rua, estou em pânico. Escuto o barulho do portão batendo... Minha filha está a emagrecer porque está a sentir a minha dor". Aterrorizada, dirige, ainda, uma mensagem aos amigos do ex-marido:"Os são amigos dele que estão a dizer que eu estou exagerar, vejam isto (e aponta para nos olhos). Foi um pesadelo o que eu passei. Estou com medo de que a próxima notícia a ser postada aqui seja o meu velório. Este homem vai voltar aqui para me matar".

Após ter visualizado o vídeo, a Secretária Municipal de Políticas Públicas para Mulheres de Volta Redonda, Dayse Penna, entrou em contacto com Danila. Segundo a mesma, a vítima, que já tinha apresentado queixa contra o ex-marido no dia 28 de abril, vai ser abrangida por uma nova medida de proteção.

Dayse Penna ressalvou, também, que as mulheres vítimas destas situações podem entrar em contacto com a Secretaria por via telefónica.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!