Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Vitória do Syriza reforça Tsipras

Partido de esquerda mantém coligação com Gregos Independentes.
Isabel Faria 21 de Setembro de 2015 às 07:00
A celebrar vitória, no centro de Atenas, Alexis Tsipras prometeu "romper com políticas do passado"
A celebrar vitória, no centro de Atenas, Alexis Tsipras prometeu 'romper com políticas do passado' FOTO: Pantelis Saitas/EPA

Na Europa de hoje, a Grécia e o povo grego são sinónimo de resistência e dignidade, e essa luta vai continuar por mais quatro anos. "Hoje sinto-me vingado", garantiu o líder do Syriza, Alexis Tsipras ao celebrar a vitória do seu partido nas eleições deste domingo.

Indiferentes a reformas e mais austeridade, impostas pelo terceiro resgate da União Europeia (UE), os gregos voltaram a apoiar o partido de esquerda Syriza, com 35,3% dos votos contra 28,1% para o conservador Nova Democracia (ND).

Aos muitos apoiantes reunidos no centro de Atenas, Alexis Tsipras prometeu "romper com o passado" e manter a coligação com os Gregos Independentes, com quem formou o governo anterior. "Vamos unir forças (...) vamos continuar juntos", afirmou. "A partir de amanhã [esta segunda-feira], com Alexis Tsipras como primeiro-ministro, formaremos governo", disse o líder nacionalista, P. Kammenos.

Convocadas após a demissão de Tsipras do cargo de primeiro-ministro, a 20 de agosto, na sequência de uma cisão interna de 25 deputados do Syriza que recusaram o pacote de austeridade acordado com a UE, as eleições de ontem serviram também para testar a política de Tsipras, que saiu reforçado. "Parece que os cidadãos não mudaram de opinião", disse o líder conservador, Vangelis Meimarakis, ao reconhecer a derrota.

As percentagens apuradas dão agora ao Syriza 145 deputados, entre os 300 do parlamento grego, sendo que os Gregos Independentes (3,73% dos votos) elegem dez. Juntos, reúnem 155 deputados, mais quatro do que o exigido para maioria absoluta. Já a Nova Democracia elege 75 deputados e a Aurora Dourada fica com 19 assentos.
Ver comentários