Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Viúva paga 35 mil à amante do marido

Um tribunal de Sevilha, Espanha, condenou uma viúva e os seus quatro filhos a pagarem 35 mil euros à amante do falecido, por este ter mantido com ela uma longa relação sentimental. O tribunal não só confirmou a obrigação da esposa de pagar um cheque de 30 mil euros, que um juiz de primeira instância tinha ordenadoanteriormente, como ampliou a dívida em mais cinco mil euros.

27 de Outubro de 2008 às 00:30

O tribunal deu como provado que o falecido tinha mantido "uma relação sentimental prolongada e estável" com a amante V. A. G. Durante essa relação, o indivíduo colocou a amante a trabalhar na empresa de um amigo, mas continuou a dar-lhe regularmente quantias substanciais em dinheiro e cheques.

Após o falecimento do homem, em Janeiro de 2006, os herdeiros deram ordens para cessar o pagamento mensal à amante. Contudo, o tribunal considerou que três cheques passados à amante, no valor de 35 mil euros, equivalem a uma "doação de bem móvel" e, por isso, os herdeiros não os podem suspender.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)