Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Viveu 74 anos num hospital

Morreu no passado fim-de-semana Agapito Pazos, um homem de 77 anos que viveu, desde os três anos, no quarto 415 do Hospital Provincial de Pontevedra, em Espanha.
28 de Abril de 2010 às 12:39
Saiu do hospital apenas uma vez para ver o mar
Saiu do hospital apenas uma vez para ver o mar FOTO: d.r.

Agapito que sofria de alguma incapacidade psíquica e de distrofia muscular nos membros inferiores saiu do hospital apenas por 48 horas quando um contínuo o levou a ver o mar.

 

Nos anos 30, o hospital era o único centro de beneficência da localidade e Agapito acabou por crescer e viver aos cuidados dos médicos e enfermeiros, apesar de os responsáveis terem tentado encontrar uma família de acolhimento.

 

Fernando Filgueira, um dos muitos médicos que acompanhou Agapito, recordou-o, em declarações ao jornal ‘Faro de Vigo’, como “alguém especial” que acabou por ser o “encarregado de guardar as chaves dos medicamentos e dos armazéns”.

 

O médico disse ainda que Agapito ajudava a controlar os pacientes que dividiam o quarto consigo e avisava os médicos quando eles passavam mal.

 

“Chegava a avisar-nos quando iam morrer. E em muitos casos acertou”, declarou Fernando Filgueira que revelou que Agapito tinha vencido um cancro no estômago.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)