Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

"Você ainda existe, seu lixo humano?": Alexandre Frota critica Bolsonaro e acusa presidente de não saber ler

Ex-ator pornográfico foi um dos principais articuladores do executivo, mas acabou por passar para a oposição.
Domingos Grilo Serrinha e correspondente no Brasil 12 de Janeiro de 2020 às 16:11
Alexandre Frota
Alexandre Frota FOTO: Redes Sociais

O ex-actor pornográfico e hoje deputado federal brasileiro Alexandre Frota voltou à carga contra o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, de quem já foi um dos principais interlocutores. Em várias mensagens partilhadas nas redes sociais, Frota classificou o presidente brasileiro como um lixo humano e alfinetou o governante, afirmando que este não sabia ler.

"Você ainda existe, seu lixo humano?", disparou o parlamentar ao comentar uma publicação feita por Jair Bolsonaro contra o governador de São Paulo, João Dória, do mesmo partido de Frota.

Numa outra publicação nas suas redes sociais, Alexandre Frota voltou a atacar Bolsonaro e questionou o grau de cultura e de instrução do presidente da República, famoso pelas gaffes e erros de português que comete. Ao comentar o lançamento de um livro sobre o primeiro ano de governo de Jair Bolsonaro, o antigo ator ironizou o presidente por, na opinião dele, o governante mal saber ler e escrever.

"Ele (Jair Bolsonaro) não vai ler esse livro. Não sabe, nem gosta", afirmou o deputado, eleito em 2018 com uma expressiva votação, então como um dos principais aliados de Bolsonaro.

Nos primeiros meses de governo de Jair Bolsonaro, em 2019, Alexandre Frota tornou-se um dos principais articuladores políticos do executivo e foi repetidamente elogiado pelo governante. Mas desavenças com os polémicos filhos do presidente fizeram-no passar de aliado a inimigo e o antigo ator acabou por deixar o então partido governamental e filiar-se a um da oposição.

partidos e movimentos política Bolsonaro Alexandre Frota
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)