Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

WASHINGTON AVISA AMERICANOS NO MUNDO

A Administração norte-americana, através do Departamento de Estado (Ministério dos Negócios Estrangeiros), emitiu um aviso a todos os americanos espalhados pelo mundo, para que estejam preparados para abandonar o seu país hospedeiro em caso de emergência. Foi a primeira vez que Washington emitiu um alerta deste ‘calibre’.
25 de Janeiro de 2003 às 14:19
O alerta foi feito em comunicado enviado para todas as embaixadas e consulados dos Estados Unidos da América no mundo. O texto do documento ordena aos serviços consulares que dêem instruções às comunidades norte-americanas dos respectivos países no sentido de cada pessoa armanezar medicamentos e mantimentos e ter sempre o passaporte actualizado e à mão, para que possa abandonar o território rapidamente, caso seja necessário.

Embaixadas e consulados dos EUA costumam emitir avisos regulares aos americanos espalhados pelo mundo, informando-os sobre ameaças terroristas e fornecendo conselhos sobre protecção pessoal. Mas esta é a primeira vez que uma mensagem do género tem estatuto global e tão pormenorizado.

Em Janeiro de 1991, cinco dias antes do início da Guerra do Golfo, o Departamento de Estado dos EUA alertou todos os americanos para estarem atentos ao aumento da ameaça terrorista.

Este mês de Janeiro repete-se o momento de guerra iminente contra o Iraque. Um funcionário do Departamento de Estado ressalvou que o aviso agora emitido não significa que a guerra esteja para começar nos próximos dias mas, na verdade, não há conhecimento público da data.

Ainda ontem, a Administração norte-americana recusou conceder mais tempo às inspecções de armas conduzidas pela ONU no Iraque. Esta manhã, um iraquiano com cerca de 20 anos de idade foi detido à porta das instalações dos inspectores da ONU em Bagdad, onde queria entrar com duas facas na mão.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)