Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

WASHINGTON DENUNCIA CAMUFLAGEM IRAQUIANA

A Administração norte-americana indicou hoje que as autoridades iraquianas estão a antecipar o regresso dos inspectores internacionais ao país escondendo todo o equipamento relacionado com os seus alegados programas de desenvolvimento de armas biológicas, químicas e atómicas.
4 de Outubro de 2002 às 17:48
A porta-voz do Departamento de Defesa dos EUA, Victoria Clarke, respondeu ‘sim’ à pergunta sobre se Bagdad ordenou recentemente a deslocação interna de material relacionado com os referidos programas militares depois de aceitar o regresso dos inspectores ao Iraque.

Apesar de admitir, a porta-voz não quis alongar-se sobre o assunto, argumentando que se trata de informação classificada e que os seus superiores estão a preparar uma conferência de imprensa sobre o assunto, na próxima semana.

Também na próxima semana, mais precisamente na segunda-feira à noite, o presidente George W. Bush vai fazer uma declaração pública sobre o Iraque. Fontes da Casa Branca já revelaram que o presidente não vai fazer qualquer ultimato a Saddam Hussein.

Estes desenvolvimentos surgem numa altura em que o Iraque já aceitou o regresso dos inspectores, mas estes estão à espera de uma resolução de enquadramento a ser emitida pelo Conselho de Segurança da ONU. No domínio político norte-americano, a Câmara dos Representantes (câmara baixa) do Congresso em Washington já autorizou Bush a recorrer à força no Iraque, faltando agora a aprovação no Senado, onde a oposição democrata está em maioria.
Ver comentários