Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

WASHINGTON PEDE DESCULPA A IRAQUIANOS

O secretário da Defesa norte-americano, Donald Rumsfeld pediu desculpa ao povo iraquiano, pelos abusos cometidos pelos soldados dos EUA contra presos iraquianos detidos na prisão de Abu Ghraib, nos arredores da capital iraquiana, Bagdad.
5 de Maio de 2004 às 13:45
Donald Rumsfeld
Donald Rumsfeld FOTO: d.r.
Numa entrevista concedida esta quarta-feira ao canal de televisão ABC, Rumsfeld afirmou que qualquer americano que tenha visto as fotografias publicadas na Imprensa sente obrigação de pedir desculpa aos iraquianos que foram maltratados e reconhece que os actos praticados são “inaceitáveis”.
Sem avançar pormenores, o responsável pela Defesa norte-americana adiantou que em alguns casos os presos maltratados poderão vir a ser compensados financeiramente. Rumsfeld classificou o sucedido como “algo terrível” e disse estar esperançado de que tenha sido um caso isolado.
“Os Estados Unidos da América são um país maravilhoso habitado por pessoas boas e honradas, que não praticam este tipo de actos. O que aconteceu neste caso, acredito, espero e rezo para que tenha sido algo excepcional que não deveria ter ocorrido”, afirmou.
Também o general responsável pelas prisões militares norte-americanas no Iraque, Geoffrey Miller, pediu desculpa, esta quarta-feira, ao povo iraquiano pelos abusos perpetrados pelos soldados dos EUA sobre os presos detidos em Abu Ghraib.
“Gostava de pedir desculpa em nome do nosso país e pelos nossos militares pelo pequeno número de líderes e soldados que cometeram actos não autorizados sobre os presos detidos em Abu Ghraib, violando as nossas orientações”, afirmou.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)