Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Wikileaks pede ajuda a utilizadores de Internet

O Wikileaks explica no seu site estar a ser "vítima de grandes ataques" informáticos.
5 de Dezembro de 2010 às 13:35
Wikileaks é alvo há vários dias de ciber-ataques, que bloquearam por diversas vezes o acesso e o obrigaram a encontrar novos endereços na Internet
Wikileaks é alvo há vários dias de ciber-ataques, que bloquearam por diversas vezes o acesso e o obrigaram a encontrar novos endereços na Internet FOTO: Reuters

"Para que seja impossível suprimir completamente o Wikileaks da Internet, precisamos da vossa ajuda. Se tiverem um servidor Unix que aloje um 'site' da Internet e se quiserem ceder uma parte dos vossos recursos de alojamento à Wikileaks, podem ajudar-nos", adianta o site.  

O Wikileaks explica depois o processo técnico a seguir, precisando que se encarregará de "actualizar" os sites quando divulgar novas informações. 

"O Wikileaks contra-ataca. Quanto mais nos batem, mais fortes ficamos", comenta este domingo o Wikileaks, numa mensagem na rede social Twitter.  

Há uma semana a divulgar documentos diplomáticos norte-americanos, o Wikileaks irritou vários países, com os Estados Unidos à cabeça.  

O seu site é alvo há vários dias de ciber-ataques, que bloquearam por diversas vezes o acesso e o obrigaram a encontrar novos endereços na Internet. 

wikileaks internet
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)