Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Xanana Gusmão na ONU com Guiné-Bissau na agenda

Timor-Leste assumiu a presidência rotativa da CPLP no passado mês de julho.
18 de Setembro de 2014 às 09:12
O primeiro-ministro timorense, que se encontra na Austrália em visita de trabalho, segue dali para Nova Iorque
O primeiro-ministro timorense, que se encontra na Austrália em visita de trabalho, segue dali para Nova Iorque FOTO: António Amaral/Lusa

O primeiro-ministro de Timor-Leste, Xanana Gusmão, vai participar na 69.ª Assembleia-Geral da ONU, com a Guiné-Bissau, e num encontro trilateral com a Indonésia e a Austrália, anunciou esta quinta-feira o Ministério dos Negócios Estrangeiros timorense.

"Esforçar-nos-emos, em conjunto com os nossos irmãos da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), em obter os esforços da comunidade internacional para contribuir decisivamente para a estabilização da Guiné-Bissau", afirmou o chefe da diplomacia timorense, José Luís Guterres, que viajou hoje para Nova Iorque.

Timor-Leste assumiu a presidência rotativa da CPLP no passado mês de julho, durante a cimeira de chefes de Estado e de Governo que decorreu em Díli.

Segundo o ministro timorense, está também prevista a realização em Nova Iorque de uma reunião com todos os ministros dos Negócios Estrangeiros da CPLP e um encontro trilateral entre Timor-Leste, Indonésia e a Austrália.

Diálogo no âmbito do Fórum G7+

Em relação à 69.ª Assembleia-Geral da ONU, Timor-Leste vai prestar "particular atenção" ao diálogo no âmbito do Fórum G7+, que une as preocupações partilhadas pelos Estados em desenvolvimento e em contexto de pós-conflito, a situação na Faixa de Gaza, Ucrânia e a instabilidade criada pelas forças extremistas no Iraque e Síria.

O primeiro-ministro timorense, Xanana Gusmão, que se encontra na Austrália em visita de trabalho, segue dali para Nova Iorque.

A 69.ª Assembleia-Geral da ONU realiza-se entre 24 de setembro e 7 de outubro.

Timor-Leste Xanana Gusmão ONU
Ver comentários