Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Zimbabué: EUA advertem para ilegitimidade do governo

A secretária de Estado norte-americana, Condoleezza Rice, afirmou esta segunda-feira que caso a segunda volta das eleições presidenciais, agendada para o próximo dia 27 de Junho, não for livre e justa, o governo do Zimbabué não será considerado legítimo.
23 de Junho de 2008 às 18:38
A secretária de Estado norte-americana, Condoleezza Rice
A secretária de Estado norte-americana, Condoleezza Rice FOTO: d.r.

Paralelamente, Rice, que falava sobre o anúncio da retirada da corrida do líder da oposição zimbabuena, Morgan Tsvangirai, condenou o governo de Robert Mugabe pela “campanha de violência contra o seu povo”, a decorrer nas últimas semanas.

A secretária de Estado apelou aos partidos de Mugabe, ZANU-PF, e de Tsvangirai, MDC, que iniciem negociações que ponham termo à crise. A cooperação deve ser “em nome do povo do Zimbabué”.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)