Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Zimbabué critica países desenvolvidos

Mugabe é um dos 150 chefes de Estado que participam na Cimeira do Clima.
30 de Novembro de 2015 às 14:22
O presidente do Zimbabué, Robert Mugabe
O presidente do Zimbabué, Robert Mugabe FOTO: Reuters

O presidente do Zimbabué, Robert Mugabe, criticou esta segunda-feira os países desenvolvidos, acusando-os de tentarem passar o fardo da redução das emissões de gases com efeito de estufa para os países pobres.

"É inconcebível que não só os países desenvolvidos sejam avaros em fornecer os meios" aos países em desenvolvimento, "mas que ainda os queiram sobrecarregar com a limpeza da confusão que eles próprios criaram", declarou na Cimeira do Clima, que começou hoje em Paris.

Mugabe é um dos 150 chefes de Estado e de governo que participam na conferência de duas semanas, onde se tentará conseguir um acordo que limite o aumento do aquecimento a dois graus face ao período pré-industrial.

O presidente do Zimbabué considerou que os países africanos não são responsáveis pelas alterações climáticas e têm mais a perder porque não têm dinheiro para lutar contra impactos como as secas e a subida do nível do mar.

"Não podemos e não assumiremos mais obrigações", disse. "Fazê-lo iria travar as nossas aspirações de desenvolvimento e, em particular, os nossos esforços para erradicar a pobreza", adiantou Mugabe.

Ver comentários