Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Zoo checo incinera 53 quilos de chifres de rinoceronte

Zoo pretende sensibilizar o público para a luta contra o comércio de cornos de rinocerontes.
21 de Setembro de 2014 às 17:32
Pelo menos 769 rinocerontes foram mortos na África do sul desde o início deste ano por causa dos chifres
Pelo menos 769 rinocerontes foram mortos na África do sul desde o início deste ano por causa dos chifres FOTO: Direitos Reservados

O jardim zoológico checo de Dvur-Kralove-nad-Labem anunciou este domingo que incinerou 53 quilos de chifres de rinocerontes provenientes de 'stocks' legais e de contrabando, num ato simbólico sobre uma espécie que está ameaçada de extinção.

Reduzido a pó, o corno destes herbívoros imponentes dizimados por caçadores, é utilizado na medicina tradicional asiática como um afrodisíaco, especialmente na China e no Vietname. A sua venda vale quase o mesmo preço do ouro no mercado retalhista, de acordo com especialistas.

"O objetivo desta manifestação 'Queimar os chifres, salvar os rinocerontes' é sensibilizar o público à luta contra o comércio de cornos de rinocerontes", disse à AFP o porta-voz do zoo de Dvur-Kralove-nad-Labem (centro do país), Jana Mysliveckova.

A destruição de produtos derivados de espécies selvagens em perigo de extinção retira o seu valor de mercado e evita a sua revenda, acrescentou.

zoo checo rinoceronte chifres
Ver comentários