Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
7
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Carlos Rodrigues

Bilhete Postal

O isolamento prolongado e injustificado de milhares de pessoas está a asfixiar a sociedade sem qualquer vantagem nem benefício.

Carlos Rodrigues(carlosrodrigues@cmjornal.pt) 30 de Dezembro de 2021 às 00:32
Mesmo que não venhamos a atingir o patamar das 700 mil pessoas isoladas, patamar hoje previsto pelos matemáticos aqui, no Correio da Manhã, a verdade é que temos já, no presente, uma extraordinária quantidade de pessoas, muitas delas jovens, vacinadas e saudáveis, remetidas a uma quarentena excessiva.

Este exagero está a submeter o País a uma espécie de confinamento informal, que as consequências menos gravosas da nova variante da Covid-19 tornam injustificado.

Em boa hora os cientistas se manifestaram, e está, desta vez, merecedora de elogios a Direção-Geral da Saúde, por rapidamente ter adotado a reflexão sobre o tema.

O isolamento prolongado e injustificado de milhares de pessoas está a asfixiar a sociedade sem qualquer vantagem nem benefício.

Hoje é dia para corrigir este erro.
Correio da Manhã questões sociais pandemia isolamento quarentena
Ver comentários
}