Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
4
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Carlos Rodrigues

Bilhete Postal

As imagens da agressão do ator Will Smith ao apresentador da gala dos Óscares é uma vergonha para o cinema.

Carlos Rodrigues(carlosrodrigues@cmjornal.pt) 29 de Março de 2022 às 00:33
As imagens da agressão do ator Will Smith ao apresentador da gala dos Óscares é uma vergonha para o cinema, para a América e para o Ocidente.

A violência gratuita, inexplicável e sem razão, por causa de uma piada, mesmo que tenha sido de mau gosto, é um momento triste na história da sétima arte. Pior ainda é a agressão ter acontecido e o espetáculo ter continuado, como se nada fosse. Poucos minutos depois de ter subido ao palco para cometer o ato impensável de esbofetear o apresentador, o autor da agressão voltou a pisar o mesmo chão para receber o prémio máximo de Hollywood, como se nada se tivesse passado.

Não foi retirado da sala, não foi impedido de receber a estatueta, nem sequer o impediram de discursar (sobre o amor, vejam só...).

Um espetáculo lamentável, e um sinal claro da degradação moral e da inversão de valores da América.
Will Smith Postal Óscares América Ocidente artes cultura e entretenimento
Ver comentários
}