Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
6
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Alfredo Leite

Cara ou coroa?

Moreira responde a apoiantes. Pizarro rodeia-se de ministros.

Alfredo Leite(alfredoleite@cmjornal.pt) 24 de Setembro de 2017 às 00:30
Há uma diferença significativa na forma como os dois principais candidatos à Câmara do Porto se movimentam no complexo terreno das redes sociais, sendo certo que é aqui que refletem as subtilezas que marcam diferenças entre Rui Moreira e Manuel Pizarro. E Moreira é claramente vencedor.

O candidato independente é seguido em todas as redes por mais fãs do que o opositor socialista. Só no Facebook, Moreira tem dez vezes mais seguidores do que Pizarro. No Twitter e no Instagram, a diferença é também grande, mas a interação destas redes com o eleitorado é para já menor.

Olhando as publicações de um e de outro, encontramos explicações para as diferenças. Moreira é mais rápido - e portanto mais eficiente - nos 'posts', usa o vídeo de forma mais regular e interage muito mais com os seus seguidores. Ao contrário de Pizarro, Moreira responde aos apoiantes - e até mesmo a opositores. E partilha, como na sexta-feira no Estádio do Dragão, momentos ao lado da família.

Pizarro é mais institucional. Recorre à propaganda partidária e gosta de se exibir rodeado de ministros socialistas. Talvez esta colagem a um Governo em estado de graça possa render votos a um candidato com pouco carisma na cidade.

Sobretudo agora que Azeredo Lopes virou a casaca e depois de ser ministro de Costa abandonou o apoio a Moreira - de quem foi chefe de gabinete antes de rumar a Lisboa - para se declarar a Pizarro. Este é seguramente um tema que vai animar as redes de ambos os candidatos na derradeira semana de campanha eleitoral.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)