Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
3
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Almeida Henriques

O bom exemplo

Lisboa ou Porto conhecerão as ameaças do excesso e da insatisfação de quem as procura.

Almeida Henriques 14 de Março de 2017 às 00:30
Amanhã arranca a mais importante feira de turismo nacional: a BTL, Bolsa de Turismo de Lisboa. O facto merece saliência num momento particularmente desafiante para o setor. O turismo lusitano está em alta, por muito bons motivos, mas coloca também novos reptos e exigências.

Portugal tem batido sucessivos recordes de dormidas, está a gerar muitos empregos (que explicam o recuo do desemprego) e a sustentar a quebra do ritmo das exportações de bens na balança comercial. Mas constatar factos — e celebrá-los — é muito poucochinho. Chegará o momento em que os principais destinos do País estarão a bater com a cabeça no teto das suas capacidades. A rebentar pelas costuras, cidades como Lisboa ou Porto conhecerão as ameaças do excesso e da insatisfação de quem os procura — e o País precisará de oferecer novas respostas se quiser defender a galinha dos ovos de ouro. Ignorar o precipício e acelerar nunca foi bom conselho.

Espera-se que a estratégia que o Governo irá revelar para o setor amanhã seja feita mais de bom senso e sentido nacional do que de modas e ilusões.

A sustentabilidade do crescimento turístico, num quadro de qualidade, reclama novas apostas e diversidade. Em poucas palavras, destinos alternativos e complementares de excelência. Que, infelizmente, tardam. As cidades médias - como Viseu, que este ano será a ‘1ª Cidade Nacional Convidada da BTL’ - são uma resposta a este desafio nacional.

A organização da BTL, a cargo da Fundação AIP, revelou sentido estratégico e visão nacional ao valorizar nesta edição o papel das cidades e de destinos regionais emergentes. Ao criar em 2017 o estatuto de ‘Cidade Nacional Convidada’, a BTL reabre um espaço de visibilidade e reputação para ‘novos’ territórios - mesmo que se tratem de cidades com 2500 anos, como é Viseu. Que Governo e Turismo de Portugal se inspirem neste bom exemplo é o meu voto.
Almeida Henriques opinião
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)