Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
1
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

António Jaime Martins

Evasão

É necessário melhorar a segurança nas prisões.

António Jaime Martins 22 de Fevereiro de 2017 às 00:30
A evasão de 3 presidiários do estabelecimento de Caxias no passado domingo deve motivar não apenas uma profunda reflexão da Direção-Geral de Reinserção e Serviços Prisionais, como a rápida adoção de medidas. Está em causa uma ocorrência grave que provoca alarme social.

O comum cidadão não entende as 52 fugas de estabelecimentos prisionais em 5 anos. Não compreende que a maioria tenha sido ao fim de semana. Não compreende que os mandados de detenção internacional tenham levado 24 horas para serem emitidos. Nem ninguém compreende a detenção pelos reclusos evadidos do "equipamento" chamado de "cabelo americano" com o qual serraram, sem que ninguém desse por isso, as grades da cela.

Tudo isto é incompreensível, gera insegurança e falta de confiança no sistema prisional. Há muito que os sindicatos dos guardas prisionais vêm proclamando a necessidade de medidas nas prisões portuguesas que passem pelo reforço do número da guardas prisionais e pela melhoria de condições nas cadeias, sobretudo, daquelas que se prendem diretamente com a dignidade de condições para os reclusos e das que promovam e incentivem a sua reinserção social.

É tempo de deixarmos de brincar com coisas sérias.
Caxias Reinserção Serviços Prisionais crime lei e justiça prisão distúrbios
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)