Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
6
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Armando Esteves Pereira

Gestores emprestados

Mas na banca, tal como no futebol, mais importante de como se começa é alcançar os objetivos no final do campeonato.

Armando Esteves Pereira(armandoestevespereira@cmjornal.pt) 15 de Setembro de 2014 às 00:30

No futebol já estamos habituados aos jogadores emprestados. Na banca é quase inédito e acontece com os dois gestores de topo do Novo Banco. O presidente vem cedido pelos britânicos do Lloyds Bank e o gestor financeiro é da Caixa Geral de Depósitos. Eduardo Stock da Cunha aceitou o convite, mas como este é um trabalho temporário, não se desvincula da instituição liderada por Horta Osório, o ‘Mourinho da banca’. Em abono da nova equipa, há a salientar que os gestores encarregados da venda do ex-BES têm mais experiência bancária do que Vítor Bento. Mas na banca, tal como no futebol, mais importante de como se começa é alcançar os objetivos no final do campeonato.

Novo Banco banca futebol
Ver comentários