Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
3
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Armando Esteves Pereira

O limbo grego

A Grécia pagou com fundos de emergência uma tranche do empréstimo do FMI.

Armando Esteves Pereira(armandoestevespereira@cmjornal.pt) 13 de Maio de 2015 às 00:30

Mas a situação de tesouraria é crítica e o fantasma do calote do estado helénico continua a pairar sobre a moeda única. Porém, a Eurozona empurrará o problema grego com a barriga à espera de um milagre que não acontecerá. Provavelmente nos próximos meses não haverá o cenário do Grexit, a saída grega do euro. Sob o fio da navalha, a Europa pressionará, o governo de Atenas procrastinará e a Grécia ficará num limbo. Mas mais tarde ou mais cedo os gregos deixarão de ter a mesma moeda dos alemães. Resta saber o que acontecerá aos outros países periféricos, como Portugal.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)