Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
5
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Armando Esteves Pereira

Os maus rapazes

Bruno Alves e Pepe criam um problema de má fama à seleção portuguesa.

Armando Esteves Pereira(armandoestevespereira@cmjornal.pt) 4 de Junho de 2016 às 00:30
O golpe de artes marciais de Bruno Alves em Londres correu mundo. Neste tempo em que as redes sociais fazem a fama instantânea, mesmo quem não conhecesse o central português fica a saber que o filho do duro Washington é um ‘bad boy’.

Este episódio agrava um problema de reputação dos jogadores portugueses. E a reputação é decisiva para a avaliação dos árbitros. Em caso de dúvida é mais fácil marcar uma falta ou castigar com cartão lances em que os portugueses sejam presumíveis culpados. Não é só a má fama de Bruno Alves. Pepe ganhou mais uma Liga dos Campeões no sábado passado, mas também acentuou a imagem de mau rapaz.

Portugal entra no europeu com uma reputação tão má que arrisca a ter tolerância zero da arbitragem.
Armando Esteves Pereira Opinião Bruno Alves Pepe futebol
Ver comentários