Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
2
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Assunção Cristas

Oposição construtiva: política positiva

Propostas que pretendem dar um impulso à economia e à criação de emprego.

Assunção Cristas 24 de Novembro de 2016 às 01:46
Tracei um rumo muito claro para o CDS: fazer oposição forte, acutilante, mas sempre construtiva. Quer dizer, sempre apresentando as melhores opções para os portugueses. Denunciamos e criticamos o que entendemos errado, por um lado, e apresentamos uma alternativa positiva, por outro.

Tem sido assim em tudo e também neste Orçamento do Estado (OE). O CDS apresentou 53 propostas de alteração ao OE, que começam hoje a ser votadas. São propostas dirigidas às famílias, como o 4º escalão do abono de família, a majoração do abono para deficientes, a sensibilidade do IRS ao número de elementos do agregado familiar, filhos ou pais (quociente familiar), o empréstimo aos estudantes para prosseguirem os estudos (proposta originária da nossa Juventude Popular).

Propostas que pretendem dar um impulso à economia e à criação de emprego como um forte benefício para as empresas que façam investimentos, a retoma da redução da taxa do IRC para 20%, a melhoria do regime fiscal para as empresas em fase de arranque (start ups), o benefício para o investimento na floresta com a conta de gestão florestal.

Propostas que afirmam o respeito pelo dinheiro dos contribuintes como a eliminação do aumento de impostos, a manutenção da responsabilidade financeira dos autarcas por decisões ilegais, a obrigatoriedade de prestação de informação por todos os administradores públicos, incluindo da CGD, ou a forte moderação dos salários da CGD.

Não podemos mudar um OE mau, mas podemos sempre tentar melhorá-lo.

Transferência da gestão da Carris: e depois da festa?
Com pompa e circunstância, e em bom jeito pré-eleitoral, António Costa, não se sabe bem se na qualidade de diretor de campanha de Fernando Medina ou mesmo de Presidente de Câmara, congratulou-se com a passagem da Carris para a CML. Isto foi a festa, com direito a entrega de chave de autocarro, passeio de elétrico e boas notícias. Não houve espaço para explicar e debater coisas sérias: é muito maçador para os socialistas.

Por exemplo: 1. Como vai ser pago o investimento de 60 milhões de euros em 3 anos, ou seja, 20 M € por ano, se o fundo que o financia só tem previstos 15 M €? Começa já a Câmara a cavar o buraco da dívida ou vai abrir a caça à multa aos lisboetas para arranjar mais 5 milhões? 2. Qual o plano que justifica a aquisição de 250 novos autocarros, mais do dobro do que a Carris tinha previsto? 3. Como vai ser feita a articulação com o Metro? António Costa reclamava Carris e Metro para Lisboa… Medina aceitou só a Carris?

Sanções a Portugal: feita justiça!
Bem andou Bruxelas ao reconhecer o esforço dos portugueses e não aplicar sanções. Seriam injustas e injustificáveis, até porque o défice em 2015, sem medidas extraordinárias da banca, foi 2,98%. No CDS saudamos este desfecho, pelo qual sempre nos batemos, junto da CE, do PE e da nossa família política. Merecem uma palavra de reconhecimento o Presidente da Comissão Europeia e o nosso comissário Carlos Moedas.

Assédio a Cristina Ferreira: triste espetáculo
A propósito da revelação da apresentadora Cristina Ferreira de que foi vítima de assédio sexual no trabalho, assistimos nas redes sociais a um desfiar inqualificável de comentários machistas. Provam como ainda há tanto a fazer em defesa dos direitos das mulheres, da igualdade de género e na luta contra o preconceito. O primeiro passo é a coragem de denunciar os abusos, o segundo é o elogio dessa atitude.

Amadeo de Souza Cardoso: Porto em grande
A exposição de Amadeo de Souza Cardoso no Museu Nacional Soares dos Reis vale uma boa visita, pelas obras, claro, mas também por "repetir" a exposição de há 100 anos, organizada pelo próprio pintor. Seguirá para Lisboa, mas vê-la no Porto permite também revisitar as bonitas coleções do museu de pintura e escultura portuguesa e desfrutar as cameleiras do jardim. Foi o que fiz com os meus filhos.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)