Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Baptista-Bastos

A nova experiência

O que Passos Coelho representa é uma impossibilidade de equilíbrio, sobretudo, ético.

Baptista-Bastos 5 de Outubro de 2016 às 00:30
Olho para as imagens de Pedro Passos Coelho e observo os traços de um homem deprimido, vergado pelo peso das circunstâncias. E recordo o instante em que o dr. Cavaco o designou, com pressa e zelo, primeiro-ministro, sem acautelar a ideia de que as coisas não constituíam um facto inquebrantável. Sabe-se como foi: uma impensável união de Esquerda colocou no poder, em Portugal, a experiência democrática até então inédita. Uma união política desta natureza nunca fora experimentada, e as características dessa união, até então, absolutamente impensáveis. Rapidamente, a Direita apossou-se da definição aposta por Vasco Pulido Valente, e a palavra "geringonça" faz caminho. A verdade é que a prática tem resultado, apesar dos prognósticos maldosos de alguns preopinantes.

Viu-se que a experiência demonstrada por António Costa, apesar dos sobressaltos causados pela União Europeia, tem resultado, e sido apoiada por aqueles, os mais infortunados dos portugueses. As fórmulas aparentemente paradoxais propostas pelo Governo têm sido observadas com apreensiva atenção por quem vive na incredulidade, e admitido como inevitável o fatalismo da vida portuguesa. Porém, as coisas têm caminhado com a desenvoltura e os sobressaltos comuns às experiências inéditas.

Estas fórmulas têm desencadeado, em toda a Europa, uma atenção determinada pela sua originalidade. A surpresa seguida do pasmo situa-se, afinal, no desajustamento político que nos tem sido imposto como única via. E assiste-se, na Europa e no resto do Mundo, ao repensar dos modelos sob os quais vivemos e que têm sido uma manifestação absurda da imobilidade.

O que Passos Coelho representa é uma impossibilidade de equilíbrio não só social como, sobretudo, ético. O que ele nos tem dito é que devemos aprender a servir, fórmula paradoxal que tem conduzido a conflitos medonhos - como, por exemplo, os que se manifestam na Síria.
Baptista-Bastos opinião
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)