Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
6
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Carlos Anjos

A fuga do hospital

O desaparecimento de Alexandra e do filho do Hospital de Faro causa-me algumas perplexidades.

Carlos Anjos 31 de Julho de 2015 às 00:30
O desaparecimento de Alexandra e do filho do Hospital de Faro causa-me algumas perplexidades. A primeira, o pouco eco que o caso teve na comunicação social. Se tivermos em atenção outros casos semelhantes, não consigo perceber o pouco interesse. Depois, a segurança do hospital. Uma criança desaparece com a mãe sem ninguém dar por isso e parece que tudo é normal. Depois, anda tudo à procura da Alexandra, mas ainda ninguém nos disse qual o crime de que é acusada ou suspeita. Por último, como é que uma suposta toxicodependente, com poucos meios, teve a lucidez de espírito para em pouco tempo perceber as debilidades de segurança do hospital, sair com o filho e desaparecer no mundo, sem deixar rasto?

Será que tudo aquilo foi planeado e que Alexandra dispunha de ajuda no exterior do hospital? Alexandra resolveu entregar-se no local de onde havia fugido. É necessário perceber o que aconteceu e por onde andou, bem como evitar que algo semelhante volte a acontecer.
fuga hospital Alexandra Patrício Hospital de Faro bebé criança recém-nascido toxicodependência
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)