Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
9
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Carlos Garcia

Acreditar

Justiça é quem erra pagar pelos seus erros. Não os outros.

Carlos Garcia 27 de Dezembro de 2015 às 00:42
Pensávamos que depois dos chamados casos BPP, BPN e BES o sistema financeiro (com os reguladores e o Governo incluídos) tinha tomado as medidas adequadas e necessárias para não haver mais surpresas.

Puro engano. Pensava que quem tinha de pagar e assumir as responsabilidades por estas situações eram aqueles que tiraram benefícios das mesmas. Puro engano. Julgava eu que, nunca tendo recebido qualquer dividendo dos enormíssimos lucros que essas instituições bancárias tiveram ao longo dos anos, num passado recente, não teria de pagar os seus prejuízos. Também aqui me enganei.

Estando no Natal, tempo de esperança e de acreditar num futuro melhor, com mais justiça, deixem-me acreditar, como as crianças acreditam no Pai Natal, que nunca mais estas situações se vão repetir e que, a acontecerem, serão apenas os responsáveis pelas mesmas que terão de acarretar com as consequências. Justiça é quem erra pagar pelos seus erros e não pedir a quem cumpre que assuma essa responsabilidade. Desejo a todos umas Festas Felizes e vamos acreditar no Pai Natal.
BPP BPN BES Governo Pai Natal Festas
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)