Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
3
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Carlos Rodrigues

Elogio da polícia

Ernesto sempre sonhou ser polícia. Naquela tarde de domingo cumpriu o seu dever.

Carlos Rodrigues(carlosrodrigues@cmjornal.pt) 21 de Maio de 2015 às 00:30

Ernesto sempre sonhou ser polícia. Naquela tarde de domingo cumpriu o seu dever. No momento-chave da intervenção policial, ele vira as costas à violência e corre em direção a um menino, só e desesperado. Ernesto abraça-o com o escudo, subitamente transformado em protetor – que também é – dos fracos e desprotegidos.

Como aquela criança que grita que o seu pai não fez nada. O agente Ernesto dignificou a farda e deixou a sua mãe orgulhosa. Nas imagens com impacto global que mostram a ação das autoridades em Guimarães, viremos agora a atenção para ele.

Ernesto é o polícia exemplar que embala o menino. 

Ernesto Guimarães questões sociais polícia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)