Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Carlos Rodrigues

Viver tudo outra vez?

Estes anos em forma de geringonça provam que não temos emenda.

Carlos Rodrigues(carlosrodrigues@cmjornal.pt) 23 de Agosto de 2017 às 00:31
Estes anos em forma de geringonça provam que não temos emenda. Ao mínimo sinal de alívio, eis que voltam todos os erros.

Vejamos: dívida do Estado? Mais 10 mil milhões num só semestre. Balança comercial? Explosiva, de novo: mais importações, menos exportações.

O modelo que nos levou à falência galopa sem freio. Viva o crédito, a dívida, o amanhã que canta. Para nós, um pacto de regime significa fazer mais obras, mesmo de necessidade duvidosa.

Até o Presidente é rápido a exigir ao Governo maior crescimento, enquanto silencia a urgência de baixar a dívida.  Eis que estamos onde sempre estivemos: pobres, endividados, no engano dos juros baixos.

Até um dia.
Carlos Rodrigues opinião
Ver comentários