Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
1
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já

Paulo Santos

Meias vacinas...

Polícias continuam apenas com a prioridade nos deveres.

Paulo Santos 9 de Junho de 2021 às 00:30
No contexto da pandemia, ficou evidente a importância de alguns setores da sociedade, tendo em conta a missão e o serviço que desempenham. Num desses setores estão os polícias, uma vez que ficaram com a responsabilidade de dar cumprimento às normas emanadas, depois foram as cimeiras os eventos, entre outros, e muitos polícias por vacinar.

Durante um período considerável, os polícias perderam o seu direito de gozo de férias e muitos dos que se encontravam em serviços de apoio foram chamados à ‘rua’ para reforço operacional. A PSP foi no início do processo de vacinação contemplada apenas com 50% das vacinas, contudo, todos foram chamados ao combate, mas só alguns foram vacinados. Ou seja, o processo de vacinação na PSP começou mal, ainda assim, eis que, do nada, tudo parou... Os que foram vacinados foram, os restantes deixaram de ser prioritários, dentro do ‘tal’ grupo prioritário, ficando cada polícia de agendar a sua vacina através do SNS, pelo critério de idade.

Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso sem limites em todos os dispositivos Assinatura válida na APP Correio da Manhã Newsletters exclusivas E-paper antecipado no Quiosque Ofertas e descontos do Clube CM+
Assine já! 1€ no 1º mês
Ver comentários
Hoje nas bancas
Capa do Dia
A primeira página do Correio da Manhã e o acesso ao e-paper Ver todas as
primeiras páginas
CM+
O Correio da Manhã para quem quer MAIS conteúdos e vantagens
Assine já 1 mês/1€
  • Todo o conteúdo exclusivo sem limites nem restrições.
  • Acesso a qualquer hora no site ou nas apps.
  • Acesso à versão do epaper na noite anterior.
  • Clube CM+ com vantagens e ofertas só para assinantes