Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Edgardo Pacheco

Chefs que trabalham para os mínimos

Em muitas iniciativas vínicas nota-se que os chefs criam o menos possível.

Edgardo Pacheco 28 de Outubro de 2016 às 01:45
Um produtor de vinhos gosta de associar um cozinheiro famoso ao lançamento dos seus vinhos. É uma forma saborosa de os convidados perceberem a importância da ligação entre os vinhos e a comida. Em todo o lado os vinhos fazem-se para ser apreciados à mesa, mas, em países mediterrânicos, isso faz ainda mais sentido.

Sucede que, nos últimos tempos, assiste-se a um comportamento estranho por parte de alguns cozinheiros. Recebem os produtores e os convidados, explicam a ementa e depois rematam com este cliché: "o importante é que os vinhos brilhem". Não sei quem inventou a coisa, mas a verdade é que pegou de rastilho.

E um tipo pensa: mas estes fulanos foram escolhidos entre outros colegas igualmente competentes para darem brilho ao vinho e, na hora H, sacodem as suas responsabilidades. Quase apetece perguntar que raio estão eles a fazer no evento. A fazer figura de corpo presente? A faturar mais qualquer coisinha? Muito esquisito.

Até porque – começo a imaginar – se eu estivesse nos sapatos deles tudo faria para que os pratos estivessem ao mesmo nível do vinhos (pelo menos) e para que os clientes não se esquecessem nem de uma coisa, nem de outra. E a verdade é que tenho ido a vários lançamentos vínicos em que o trabalho dos cozinheiros não deixa rasto na minha memória. Cumprem os mínimos, por vezes com adaptações de pratos já existentes na carta dos seus restaurantes. Lamentável.

Mas como há exceções, destaco, nos últimos tempos, Ricardo Gonçalves (Enoteca de Belém) Vítor Sobral (Tasca e Peixaria da Esquina). Não trabalham para os mínimos, não adaptam ementas. Criam pratos que demoramos algum tempo a esquecer. Assim é que deve ser.
Ricardo Gonçalves Belém Vítor Sobral Peixaria da Esquina chefs culinária vinhos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)