Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
5
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Edgardo Pacheco

Um dia o frango nasce de um drone

O sr. Bezos acha que é possível produzir produtos Biológicos de forma barata. Pois, pois...

Edgardo Pacheco 1 de Setembro de 2017 às 00:30
Um amigo que participou num encontro de família alargada em Chaves contou-me, há uns anos, que, a páginas tantas, um dos sobrinhos veio esbaforido do quintal à procura dos progenitores para lhes anunciar que a avó guardava os limões... numa árvore. Isso mesmo. Amarelos e tudo, lá estavam pendurados no limoeiro.

Lembrei-me da história por causa da mirabolante compra da cadeia de supermercados Whole Foods pela Amazon. Se as crianças urbanas acham hoje que os frangos nascem no supermercado, em breve desenharão um pinto a sair da barriga de um drone.

Quando li a notícia em maio fiquei a pensar na misteriosa razão de tal negócio. Mas, no passado fim de semana, o ‘El País’ explicou tudo. A primeira iniciativa de Jeff Bezos é baixar drasticamente os preços e manter a qualidade dos produtos. Como essa equação nunca funcionou em lado algum, a realidade será outra. Baixa de preços e, em simultâneo, baixa da qualidade dos produtos, com a fatura da brincadeira a ser entregue aos agricultores.

Se comprar a baixo preço faz parte da nossa natureza, comer barato é um risco para a saúde pública. O mundo está cheio de estudos que confirmam o nexo de causalidade entre a redução do preço dos bens alimentares e o aumento das doenças cardiovasculares, da diabetes e de certos tipos de cancro.

Acresce que, sendo a Whole Foods especializada em alimentos biológicos, tudo isso cheira mal, até porque não será o sr. Bezos a descobrir a fórmula baratinha de produzir maçãs e tomates bio em segurança.
Sempre que leio notícias destas apetece-me arranjar meio alqueire de terra algures na região Oeste para me alimentar.
Chaves Oeste Whole Foods Jeff Bezos El País Amazon questões sociais política interesse humano
Ver comentários