Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
26.11.2015

Novo tempo

A imprensa livre é um dos mais preciosos diamantes dos regimes democráticos.

19.11.2015

Barbárie ao jantar

Os assassinos querem derrotar-nos pelo medo e pela recaída na intolerância.

12.11.2015

Novo Mundo

A direita tem de fazer o luto e aceitar a nova normalidade, à espera de melhores dias.

05.11.2015

Passos Perdidos

Ninguém se interessa pelo programa de Governo que vai ser discutido na próxima semana.

29.10.2015

Trabalho precário

Passos Coelho conseguiu que o trabalho precário se tornasse a regra até aos 35 anos.

22.10.2015

A Voz do Povo

À esquerda abrem-se novos horizontes de relacionamento com modelos variáveis.

20.06.2015

Hélia Correia

A língua é uma arma e Hélia Correia um símbolo do meu 25 de Abril.

13.06.2015

A TAP é Azul?

O bando de extremistas que se reúnem no Conselho de Ministros está esvaído de prazer.

06.06.2015

Programa de Jesus

Plano de fuga de Jorge Jesus reduziu Passos e Portas à absoluta irrelevância mediática.

30.05.2015

O modelo SS

A regra deve ser impedir o Estado de chatear o cidadão a pedir dados que já dispõe.

23.05.2015

Palmira e Nós

Nos Açores o ‘mordomo’ Durão Barroso abriu o caminho para o fim de Palmira.

16.05.2015

Votar com os pés

Cavaco já sabe da dimensão da moção de censura dos jovens ao Portugal de hoje.

09.05.2015

Espírito Santo

Assistimos a um penoso striptease da nossa elite empresarial que acabrunhou o País.

02.05.2015

Turbulência de Estado

A greve dos pilotos insere-se na linha de agitação de um setor em ebulição.

25.04.2015

A Arma do Povo

Antes de Abril, as mulheres ou os analfabetos não tinham capacidade eleitoral.

18.04.2015

O regresso do PEC

A derrocada do BES e da PT foram o culminar da implosão da elite empresarial.

Ver + opiniões

Colunistas CM

CM ao Minuto

Mais notícias
Subscrever newsletter
Subscreva a Newsletter Especial Coronavírus por email
Últimas Atualizações sobre o Coronavírus.
(Enviada diariamente)
Ver exemplo

Multimédia

‘Falsa’ Mona Lisa vendida em leilão por 2,9 milhões de euros

Uma reprodução da Mona Lisa, de Leonardo Da Vinci, foi arrematada em leilão, esta sexta-feira, por 2,9 milhões de euros. O preço da 'Hekking Mona Lisa', pintada no início do séc. XVII por autor desconhecido, começou a subir na última hora do leilão online, passando dos 500 mil euros para 2,4 milhões (2,9 milhões com comissões). A leiloeira diz que este é um valor recorde para uma reprodução da Mona Lisa.

Também em Destaque

Ver + notícias