Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
1
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Eduardo Cintra Torres

A TVI ensina: “Alemanha não termina em a”

Um concurso de madrugada para insones pode ser ligeiro, mas não pode fazer duma descarada ignorância o ponto de partida.

Eduardo Cintra Torres 5 de Dezembro de 2014 às 00:30

Não vale a pena pensar muito", diz a apresentadora do concurso ‘Ora Acerta’, da TVI. Ela nem pensa nem sabe falar: tinha de perguntar "diga um país cujo nome termina em A", mas perguntou "qual o país que termina em A". Enganou os espectadores.

Alemanha não termina em A", disse. Uma coisa é a falta de rigor, outra é a total ignorância da apresentadora. Para a TVI tanto faz: só interessa facturar em chamadas. "O importante é marcar o 760 300 999", acrescentou. Fazem da ignorância um negócio.

Os portugueses são soberanos", diz Guilherme sobre a "votação" das "expulsões" no circo dos "segredos". Vejamos, pois, o nível da abstenção: a "casa" atrai menos de 10% dos portugueses e só 700 mil, ou 7,2% dos portugueses, viram a "votação" de domingo.

A SIC inventou que Cavaco Silva tinha falado em "mulheres bonitas" no Dubai. À conta da mentira, houve gozos e protestos nas redes sociais. No domingo, SIC e SIC Notícias tiveram de pedir desculpa ao presidente da República e aos espectadores.

Marcelo disse que Sócrates se distingue de Berlusconi por não ter dinheiro nem canais de TV. E a gente a julgar que o caso Sócrates envolve muito dinheiro e que o ex-PM, por acaso, até tinha uma tribuna na TV oferecida pelo operador público.

António Costa disse que o PS não faz como Stalin, não apaga retratos de ex-líderes, mas ordenou aos camaradas que não mencionassem Sócrates. Assim foi: no Congresso, ninguém mencionou o nome maldito. Afinal, houve ali um cheirinho a estalinismo. 

Ora Acerta Alemanha TVI Guilherme SIC Cavaco Silva SIC Notícias presidente da República Marcelo
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)