Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
8
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Eduardo Dâmaso

Política e agências

A política não vive sem as ‘agências de comunicação’.

Eduardo Dâmaso(eduardodamaso@sabado.cofina.pt) 22 de Setembro de 2014 às 00:30

No princípio chamavam-se ‘agências’ para parecer uma coisa assética. Mas sempre foram empresas, que fazem ‘comunicação política ou empresarial’. São como tudo na vida. Há boas e más. Há empresas destas que cumprem a lei, outras não. No cavaquismo, dezenas delas foram constituídas só para vampirizar o orçamento da então Junta Autónoma de Estradas.

Tornaram-se incontornáveis para os partidos de poder e seus ‘sacos azuis’. Se a Justiça investigasse algumas delas, o regime abanava. E o jornalismo ficava ainda mais de rastos. É que tais empresas não fazem outra coisa que não seja verdadeiro tráfico de influências.

Junta Autónoma de Estradas política agências
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)