Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
4
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Eduardo Dâmaso

Viver com 360 euros

Portugal paga, em média, 360 euros de pensão a reformados do setor privado que sobrevivem, também em média, nove anos após a retirada da vida ativa.

Eduardo Dâmaso(eduardodamaso@sabado.cofina.pt) 1 de Junho de 2015 às 00:30

Portugal paga, em média, 360 euros de pensão a reformados do setor privado que sobrevivem, também em média, nove anos após a retirada da vida ativa.

Os números do próprio Estado retratam a miséria a que este condena milhões de portugueses. Traduzem uma realidade que todos os dias deve ser atirada à cara dos partidos que criaram a sociedade tão desigual em que vivemos. PSD, CDS e PS são dirigidos por uma elite blindada em relação à crise e que jamais terá de viver com 360 euros.

Se a defesa das pensões não é um bem jurídico suficientemente forte para criminalizar o enriquecimento ilícito, então o que será!?

Portugal PSD CDS PS política economia negócios e finanças
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)