Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
5
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Fernanda Cachão

BE, Bipolar de Esquerda

Rábula, que surgiu nos eflúvios do PREC, parodiava a relação entre patrões e empregados.

Fernanda Cachão 25 de Maio de 2021 às 00:30
No princípio da década de 80, a atriz Ivone Silva estreou num programa de televisão a rábula revisteira ‘Olívia patroa, Olívia costureira’, personagem que trabalhava sozinha, estabelecida por conta própria e que, por isso, tanto tinha de ir levar a obra à loja como frequentar a reunião dos industriais de costura. A rábula, que surgiu nos eflúvios do PREC, parodiava a relação entre patrões e empregados.

“Quer dizer que a dona Olívia é uma mulher que vale por duas?” - e a esta deixa, respondia Olívia: “Oh mulher, tu sabes lá o que é adormecer do PCP e acordar do CDS! Desde que isto começou dou-me muito mal comigo mesma”.

Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso sem limites em todos os dispositivos Assinatura válida na APP Correio da Manhã Newsletters exclusivas E-paper antecipado no Quiosque Ofertas e descontos do Clube CM+
Assine já! 1€ no 1º mês
Ver comentários
Hoje nas bancas
Capa do Dia
A primeira página do Correio da Manhã e o acesso ao e-paper Ver todas as
primeiras páginas
CM+
O Correio da Manhã para quem quer MAIS conteúdos e vantagens
Assine já 1 mês/1€
  • Todo o conteúdo exclusivo sem limites nem restrições.
  • Acesso a qualquer hora no site ou nas apps.
  • Acesso à versão do epaper na noite anterior.
  • Clube CM+ com vantagens e ofertas só para assinantes