Eu show Costa

Fernanda Cachão

Eu show Costa

Este domingo, as perguntas estiveram pela hora da morte.
  • 0
  • 14
Por Fernanda Cachão|28.11.17
  • partilhe
  • 14
  • 0
Este domingo, as perguntas estiveram pela hora da morte. Aqueles cinquenta que foram a Aveiro para a comemoração dos dois anos do Governo foram pagos em vales de compras ou 200 euros para fazerem perguntas ao executivo, e nem foi uma estreia.

Há um ano, um evento semelhante custou 11 mil euros. Agora custou quatro vezes mais, pagos por todos nós.

O contrato de mais de 45 mil euros com uma empresa de estudos de mercado foi por ajuste direto e consistiu na aquisição de "serviços de recrutamento de participantes para integrar um estudo quantitativo e uma sessão pública no âmbito da iniciativa de avaliação do segundo ano em funções do XXI Governo Constitucional", dito assim quase parece que não é aquilo que foi, mas é.

Uma espécie de propaganda institucionalizada, uma sensação de que à borla ninguém estaria na disposição de interromper um domingo de 2017 para ver ao vivo António Costa e, por isso, teve de ser maior a recompensa.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Subscrever newsletter

newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)