Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
6
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Fernando Ilharco

Dormir pouco

A falta de sono afeta as memórias positivas e a confiança.

Fernando Ilharco 29 de Abril de 2017 às 00:30
Dorme-se cada vez menos. Dorme-se menos horas e menos horas seguidas. As consequências são a sonolência, o mau humor e a menor concentração; e o que vem por acréscimo.

No cérebro os estímulos negativos são processados pela amígdala, que regula o medo e a agressividade, e os estímulos positivos e neutros são processados pelo hipocampus. A falta de sono afeta sobretudo o hipocampus. A amígdala, que zela pela sobrevivência, é a última a ser atingida.

Com sono a menos, a amígdala toma conta e tudo é mais ameaçador. A falta de sono prejudica as memórias positivas, o bem-estar e a confiança. Num estudo publicado na revista ‘Cerebral Cortex’ mostra-se como no final de um dia de trabalho quem é mais afetado por emoções negativas é quem teve menos horas de sono.

Durma, e sinta-se melhor e mais otimista.
Cerebral Cortex saúde dormir sono saúde
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)