Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
2
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Fernando Ilharco

Elogiar jovens

Elogie o esforço e o progresso.

Fernando Ilharco 6 de Agosto de 2016 às 00:30
Se quer ajudar os mais novos a serem bons estudantes, não elogie a inteligência nem o talento. Elogie o esforço e o progresso. Ouvir que somos um talento é bom, claro. Mas tem consequências.

A mais nociva é desligar o trabalho dos seus resultados. Se o que conseguimos depende da inteligência então não depende do esforço… e o jovem pode concluir que não deve estudar porque é muito inteligente. Além disso, quando as coisas lhe correm mal, poderá procurar não se responsabilizar; é sempre culpa dos professores, dos pais, dos amigos, disto e daquilo.

Elogiar a inteligência desvaloriza o empenho e gera comportamentos defensivos, que diminuem as capacidades cognitivas e a confiança. O jovem esforça-se, desinteressa-se e tudo pode piorar. Concluindo, elogiar sim, mas elogiar o trabalho, o progresso e a ambição.
educação
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)