Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
6
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Fernando Jorge

Estatutos

A última revisão do estatuto dos funcionários judiciais foi em 1999.

Fernando Jorge 6 de Junho de 2017 às 00:30
Muito se tem dito e escrito sobre os estatutos dos magistrados e as consequentes ameaças de greve.

Porém, parece que todos esquecem que também existem funcionários judiciais nos tribunais e que estes aguardam ainda a respetiva proposta do governo de revisão do seu estatuto. E se os magistrados esperam pelo seu estatuto há seis anos, a última revisão do nosso estatuto foi em 1999 – no século passado!

Nesta, como noutras matérias, o Governo mais uma vez desconsidera os funcionários judiciais, pois o prazo para entrega das propostas era igual para magistrados e funcionários. Os magistrados já a receberam, nós não! E como é óbvio não ficaremos ‘sentados’ à espera.

Temos o maior respeito pelas reivindicações dos magistrados, porque são justas, mas não esquecemos a degradação que sofreu a classe dos oficiais de justiça com a reforma judiciária de 2014. Esperamos legitimamente que este governo altere o atual estado da nossa carreira.

Assim, foi já marcada reunião do secretariado nacional do sindicato para decidir sobre a resposta a esta atitude do Ministério da Justiça. E se a decisão for greve, de certeza que não ameaçaremos, mas sim a marcamos de imediato. Tem a palavra o Ministério da Justiça!
Governo Ministério da Justiça crime lei e justiça justiça e direitos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)