Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
6
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Fernando Medina

Antevisão

No congresso do PS deste fim de semana três temas irão ocupar o palco principal.

Fernando Medina 4 de Junho de 2016 às 00:32
No congresso do PS deste fim de semana três temas irão ocupar o palco principal. O primeiro é o da valorização do cumprimento dos compromissos eleitorais. O PS foi a votos com a promessa de devolver rendimentos e direitos, assegurando ao mesmo tempo o respeito das regras europeias. Seis meses depois, o PS pode dizer: cumpriu. Não é feito pequeno, perante a governação anterior e as impossibilidades anunciadas. E é o garante da solidez da solução de apoio ao Governo.

O segundo tema será o dos desafios colocados pela situação da economia e do sistema financeiro. As fragilidades económicas estão longe de estar ultrapassadas e as limitações do sistema financeiro têm impactos claros sobre as empresas e o investimento. Se as exportações abrandam há que apoiar mais o investimento, mobilizando com urgência os fundos estruturais e os agentes económicos.

Finalmente o tema da agenda política. Passados os primeiros meses marcados pelo restabelecimento de alguns equilíbrios sociais, o PS vai certamente centrar o debate em torno de uma agenda política reformista. São questões como a modernização e a descentralização do Estado, as políticas de apoio ao investimento, a qualificação, a sustentabilidade do modelo social, o combate à precariedade e a valorização do mundo do trabalho.

São desafios difíceis. Mas já sabemos que para António Costa não há impossíveis.
PS António Costa política partidos e movimentos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)