Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
3
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Francisco José Viegas

Blog

O pacto Estaline-Hitler, conhecido por Molotov-Ribbentropp, celebrado em agosto de 1939, parece dar frutos 75 anos depois – por caminhos naturalmente perversos.

Francisco José Viegas 21 de Outubro de 2014 às 00:30

Uma rede social denominada VKontakte, o Facebook russo, alberga um concurso de selfies destinado a escolher a Miss Hitler 2014 (o nome oficial é Miss Oastland, assinalando o território ocupado pelos nazis a leste, e onde foram assassinados milhões de judeus).

Requisitos? Os principais: ser mulher e nazi, odiar judeus, publicar uma "selfie nazi" e ser apreciada por outros nazis – quem obtiver mais ‘likes’ ganha o troféu (uma peça de joalharia onde estão gravados uns versos rúnicos queridos de Hitler e Himmler) e pode ser declarada, acho eu, a mulher mais estúpida do lugar.

Uma série de raparigas, esbeltas, loirinhas, sem vergonha (russas, ucranianas e bielorrussas sobretudo) tem lá as suas fotos publicadas. O mundo já não nos surpreende.

----------

Citação do dia

"O mundo real salta para os jornais. Normalmente só chega por via de escutas telefónicas"

Rui Hortelão, ontem, no CM

----------

Sugestão do dia

É delicioso o "guia prático" e "manual de escrita" de Mário de Carvalho, ‘Quem Disser o Contrário É Porque Tem Razão’ (Porto Editora), 280 páginas de truques, anotações e contrariedades. São assim os grandes escritores.

Estaline Hitler Molotov Ribbentropp VKontakte
Ver comentários