Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
2
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Francisco José Viegas

Blog

O inspetor Roderick Alleyn era um cavalheiro educado e um dos emblemas da investigação criminal britânica.

Francisco José Viegas 23 de Abril de 2015 às 00:30
O inspetor Roderick Alleyn era um cavalheiro educado e um dos emblemas da investigação criminal britânica. Releio por estes dias ‘O Último Salto’ (The Last Ditch), em que Alleyn, da polícia metropolitana de Londres, visita as paisagens melancólicas da Cornualha – é uma invenção de Ngaio Marsh (são 32 livros com o mesmo personagem), uma das grandes damas do policial de língua inglesa, a par de P.D. James, Margery Allingham, Dorothy L. Sayers ou Ruth Rendell.

O nome é estranho, Edith Ngaio Marsh, nascida em Christchurch, na Nova Zelândia. Foi lá, a 19 mil quilómetros de distância, no outro lado do mundo, que Ngaio reinventou parte do policial britânico. Hoje, os seus livros estão esgotados – uma pena –, e muitos leitores ignoram a sua arte discreta e saborosa. Morreu em 1982 e cumpriria hoje 120 anos.
Roderick Alleyn O Último Salto Londres Edith Ngaio Marsh Nova Zelândia literatura
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)