Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
6
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Francisco José Viegas

Blog

A minha figura do ano chama-se Sónia Melo.

Francisco José Viegas 2 de Janeiro de 2015 às 00:30

Não está nas manchetes; os leitores que vão ao Google e estabeleçam a ligação entre os estudos avançados sobre cancro e o trabalho desta investigadora de 34 anos.

Diante disto, as figuras políticas (e as suas ligações à construção, à banca e ao armamento) não interessam para nada; o combate à doença das doenças tem toda a prioridade. Do seu trabalho no Ipatimup, na Harvard Medical School, e no MD Anderson Cancer Center resulta que podemos conhecer melhor a forma como se processa a progressão da doença e como podemos localizá-la a tempo, tratá-la ou monitorizá-la.

Num mundo que sofre permanente e dolorosa ameaça do cancro, há milhares de cientistas que se ocupam dessa escuridão onde Sónia Melo abriu uma luz de esperança. São coisas assim, discretas, que nos libertam.

---

Citação do dia

"Não há ‘balanços’ porque não existem interrupções. Um dia anterior é igual ao dia seguinte"

João Gonçalves, no blogue Portugal dos Pequeninos

---

Sugestão do dia

Livros do ano (13): Uma ideia muito atual: combater o "crescimento infinito" e a obsessão pelo crescimento. É a tese de Andrew Simms em ‘Travar o Apocalipse’: precisamos de parar de crescer e começar a viver (Temas e Debates).

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)