Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
1
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Francisco José Viegas

Blog

Duas histórias pérfidas no reino da dissimulação em tempos pós-verdade.

Francisco José Viegas 6 de Junho de 2017 às 00:30
Duas histórias pérfidas no reino da dissimulação em tempos pós-verdade: o corte de relações com o Qatar por parte da Arábia Saudita, Bahrein, Egito e Emirados Árabes, sob o pretexto de que aquele país financia o terrorismo.

Qualquer história do Médio Oriente explica com detalhe este nó górdio - o terrorismo pré-Estado Islâmico foi financiado por estados ou organizações daqueles países; o problema é o apoio iraniano à ‘jihad’ (que entra pela Síria e Iraque) e as presuntivas ligações entre Teerão e Doha, além da luta pelo Iémen (território da aliança wahabita), em que os sauditas e o Catar estão em campos distintos. Vão aos livros.

Segunda história: após passar três décadas a bradar contra o "estado policial britânico", a pedir o desarmamento das polícias e do país, a dar abraços ao IRA, ao Hamas, à Jihad e a Khadafi, a defender os loucos da mesquita radical de Finsbury Park, Jeremy Corbyn pede a demissão de Theresa May por esta ter cortado o número de polícias na rua. Se somarmos a Europa e os EUA a negociar armas com a Arábia Saudita, temos uma linda festa. Vão aos livros.
Arábia Saudita Qatar Bahrein Iraque Médio Oriente Khadafi Egito Síria Islâmico Teerão Doha Iémen
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)